EBD Casais_Dia 17: Casamento, Como Quase Tudo Na Vida, tem Seus Riscos.

DISCIPULADO - EBD_Casais

Casamento, Como Quase Tudo Na Vida, tem Seus Riscos.

EBD  EBD

Riscos é possibilidade de perigo, de perda ou danos. Risco é algo com que lidamos desde o nosso nascimento. Corremos riscos ou mais variados o tempo todo é até o fim da vida. Riscos são normais.

Agora mesmo todos nós estamos correndo vários riscos. Riscos de sermos acometidos por algum mal-estar, riscos de começarmos a desenvolver alguma doença. Risco de morrermos. Lembra do caso do engenheiro que estava confortavelmente viajando para S. Paulo e repentinamente abriu-se um rombo na aeronave e ele foi arrancado com a poltrona de dentro do avião e caindo de uma altura de 3.000 m? Lembra dos moradores de um bairro em São Paulo que foi destruído pela queda de um avião em 1996? Ou daquele choque da ”Gol” com um outro da “Embraer”. Eu e você sempre estamos correndo riscos. Riscos de assalto, de acidente, risco de ficar desempregado, de ter prejuízo, de fazer uma escolha infeliz. Riscos e mais riscos.

Existem riscos pequenos, médios e grandes. Muitas vezes é você que decide qual vai ser o risco.

A nossa atitude diante dos riscos é que vai determinar se seremos corajosos, medrosos, covardes, perturbados, neuróticos, neurastênicos.

A neurose é uma perturbação mental que não comprometem as funções essenciais da personalidade, mas desgasta o indivíduo que luta com a manutenção do seu equilíbrio emociona. A neurastenia é uma afecção mental que gera preocupações com a saúde, grande irritabilidade, cefaleia e alterações de sono e mau humor. Todo casamento corre riscos.

Entretanto, marido e esposa podem desenvolver uma atitude positiva em relação ao risco. Eles podem destruir um relacionamento, assim como fortalecer os vínculos. Riscos normalmente devem vir acompanhados de uma boa dose de bom senso, visão da realidade, determinação, coragem, fé, esperança.

 

                                   EXERCÍCIO                                                                                                                                          

1.            Como você foi até agora? Qual sua atitude diante dos desafios da vida? Marque com um “X” as alternativas que o caracterizam:

 

_ corajoso _ determinado _ paralisado _ medroso

 

2.            Qual o maior risco que você já correu? Como foi esse  experiência?

 

3.Em relação a seu casamento: Quais desafios você está relutando enfrentar nos próximos meses?

4. Que sonhos você tem em relação à sua vida conjugal e que não se tornam realidade porque você não quer correr riscos?

 

5.Que sonhos você acredita você acredita não se tornam realidade porque seu cônjuge não quer correr riscos?

 

    Quando decidimos amar alguém temos que estar conscientes e preparados para os riscos dessa empreitada.

 

1.            Quais seriam os riscos que alguém corre quando se dispõe a amar?

 

Alguém disse certa vez: “É bem melhor ter tentado e fracassado do que não ter tentado”.

 

7.Qual a sua opinião em relação à frase anterior?

 

 

Contato

EBD_Biblia